Quando a pessoa deve procurar um psicólogo?
Quando você tem um sofrimento emocional em sua relação com os outros, com as coisas, com o corpo, com o passado e com o futuro. A pessoa tem emoções que não deseja ter ou não tem emoções que deseja ter, e sofre por isso. Por exemplo: a mãe deseja relacionar-se com o filho com tranquilidade e não consegue – se irrita e fica propensa a agredi-lo; o marido deseja amar e ser fiel a sua esposa e não consegue; a pessoa deseja parar de beber ou usar drogas, mas não consegue evitar sua compulsão; o pai de família que deseja amar seus filhos, sua esposa, ter satisfação em estar com eles e não consegue, etc.

Sofrer emocionalmente é ter uma doença mental?
Não. Mesmo as complicações psicológicas mais severas não são problemas sem solução com os quais o paciente tem que se acostumar. São problemas emocionais que através da intervenção psicoterapêutica interdisciplinar são passíveis de compreensão e de superação.

 

O psicólogo que atende neste site também oferece atendimento em consultório?
Sim.

Criciúma (SC): Rua Germano Magrin, 100 - Edifício Parthenon - sala 509 - Centro.

Urussanga (SC): Rua Voluntários do Hospital (Em frente ao Hospital) - Edifício Bella Vitta,18 - sala 301 - Centro.

 

O psicólogo vai receitar remédios?
Não. Nos casos que houver necessidade de medicação, o psicólogo trabalha em termos interdisciplinares com outros profissionais. Se for o caso, o psicólogo verifica a situação emocional do paciente e faz um relatório dirigido ao médico com essas informações. É sempre um médico que avalia o paciente e prescreve a ele a medicação (caso haja necessidade).

Atendimento para adolescentes e adultos.

(48) 99993-5588